Ebenézer – “Até aqui nos ajudou o Senhor.”

 

“Tomou então Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e lhe chamou Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor. I Sm 7:12”

Quero destacar 3 palavras neste acontecimento que nos ajudam a entender um pouco mais este momento tão significativo na vida do povo de Deus, são elas:

 

1 - Trabalho

O  vs não diz: “Até aqui tudo realizou o Senhor” – Ele diz: Nos ajudou – Mesmo que boa parte do trabalho seja feito por Deus, mesmo assim, Samuel diz: “  nos ajudou.”   Samuel pegou a pedra e a colocou ali. Não foi Deus quem fez isto, foi Samuel juntamente com o povo. Também, não vemos  aqui um homem distante do episódio, ligando do celular, e dizendo para o povo: “pessoal coloca uma pedra aí, porque eu estou aqui no gabinete pastoral e...” Vejo aqui um homem colocando a mão na massa, ou seja, na pedra.

 

Alguém já disse que o maior inimigo do pastor, é a preguiça.

Jesus disse: O meu pai trabalha até agora e eu trabalho também. Jo 5:17

O trabalho foi feito pelas pessoas e também por Deus.  Nos versículos anteriores o exército dos  filisteus se reúnem e vem atacar os israelitas, é um poderoso exército, o povo tem medo vs7, diante desta situação há a intervenção divina, vs 10, Um grande estouro enviado por Deus, diante desta manifestação divina os  filisteus tem medo e começam a fugir eles são perseguidos e destruídos pelo exército de Israel.

Alguém já disse que O  trabalho do homem, Deus não faz. O trabalho de Deus o homem não faz.

Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com os ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera. IS 64:4

Até aqui nos ajudou o Senhor – O trabalho, a obra, a guerra  foi realizada pelo povo de Israel e pelo Deus de Israel. Vemos aqui um trabalho feito em conjunto em equipe

 

2 - Testemunho

Ali é colocada uma pedra, para que todos que passem por ali possam ver, possam saber, possam ouvir o testemunho milagroso daquilo que Deus tinha feito pelo seu povo, é um sinal da bênção de Deus no meio do povo.

Aquela pedra também trazia  consigo um testemunho da unidade do povo, Até aqui nos ajudou o Senhor. Estamos juntos nesta vitória. Nós também somos chamados à unidade,” Vós mesmos, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual, para serdes  sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus.    I Pe 2:5. Somos pedras que estamos juntos e vencemos juntos. Somos desafiados a sermos uma espécie de Ebenézer ambulante. Este é um grande testemunho para o mundo.

 

3 - Tempo.

Ebenézer,  foi um local de duas derrotas:

I Sm 4:1-2 - Israel foi derrotado pelos filisteus, morreram cerca de quatro mil homens.

I Sm 4:10,11  – Israel foi derrotado pelos filisteus  – morreram trinta mil homens, e a arca da aliança foi tomada pelos inimigos.

Samuel, fez  questão de dar o mesmo nome, Ebenézer para este memorial, para esta pedra. Onde houve as derrotas agora, há vitórias. Esta pedra vai testificar isto.  O nosso Deus é o Deus que opera mudanças é ele que transforma as nossas derrotas em vitórias. Samuel juntamente com o povo, param e celebram e adoram ao Senhor que transformou as derrotas em vitórias

 

Conclusão

Ebenézer não é um ponto de chegada, mas acima de tudo, um ponto de partida. É um lugar e um tempo de adoração, de culto. Mas também um momento de olhar para frente, para o futuro, pois cremos que as vitórias maiores e melhores estão por vir. Amém.

 

Pr. Jailson Eduardo Ferreira